Ultimas postagens :
Home » , , » O crescimento do Ecoturismo x A sustentação dos royalties no municipio

O crescimento do Ecoturismo x A sustentação dos royalties no municipio

Written By Kim Axel Borgström on quinta-feira, 9 de maio de 2013 | 14:52



Neste segundo dia de 5ª Conferência Nacional das Cidades, questionei o prefeito e as autoridades presentes com a seguinte pergunta:
Embora o grande crescimento econômico dos últimos anos tenha sido graças aos investimentos dos royalties e outros investimentos por verba federal/estadual, gostaria de saber de que maneira a prefeitura e seus secretários estão projetando para manter a economia futura do município, tendo em vista a nova lei aprovada que repartirá o valor dos royalties entre todo o país, desfavorecendo então, o município de Ilhabela, por exemplo, já que nosso ecoturismo está sendo ameaçado com as grandes obras que vem sendo projetadas na cidade, como a do Teleférico, o asfalto da área urbana até o bonete e a da ciclovia na orla da praia, que além de estar parada por falta de verba federal, foi bastante criticada por ser uma obra que vem a impactar diretamente no meio ambiental e também no crescimento de animais endêmicos da cidade que ali se reproduzem e vivem. Além dessas obras, vemos a falta de um plano de Saneamento Básico, o que consequentemente fazem nossas praias se tornarem cada vez mais sujas e impactarem o meio social e turístico....além de projetos faraônicos com o da Ampliação do Porto de São Sebastião e do píer do Tebar. Considerando essas obras, a falta de planos de saneamento e mobilidade, e a grande vontade de crescer alargando as vias urbanas (o que contribui diretamente com o aumento do fluxo de carros na cidade, e que por consequência faz nossos ex-vereadores pensarem em Garagens Subterrâneas, projeto este que foi novamente discutido após a tentativa de acabar com o veto neste ano, acaba contribuindo diretamente com o Ecoturismo e a mobilidade urbana,  gostaria de saber de que maneira então a Prefeitura Municipal de Ilhabela está buscando construir uma Ilha que sobreviva sem os milhões dos royalties e dos investimentos federais, somente focando no seu Ecoturismo de hoje.

A pergunta acabou por ser um pouco longa e pelo tempo máximo de 2min tive que pular algumas coisas na hora de me pronunciar.
A resposta desta complexa pergunta não me foi dado em nenhum momento.Aliás, o prefeito, único mesário a me responder, se esquivou respondendo diretamente as perguntas sobre o teleférico, ciclovias e etc.Que na verdade não eram o X da questão, e sim algumas pontuações para agregar conteúdo à pergunta.

Provavelmente ele deve haver se esquecido do núcleo da questão, e como não pude ter direito a réplica para oferecer novamente a pergunta e dizer "Não foi me respondido o que eu perguntei", tive que aceitar calado ali mesmo.

Escute parte da resposta do Prefeito


Embora não tenha sido minha pergunta, veja o que ele me respondeu
Em resumo, ele disse que o parque das cachoeiras é um parque de visitação e não uma unidade de conservação e por isso não vê problema com a implantação de um teleférico no local.

Além disso, disse também que o Teleférico foi transformado em um grande "monstro" pela turma do "Quanto Pior Melhor", e que isso é apenas um capricho da sociedade que assim pensa do Teleférico.
Eu pessoalmente não me considero da turma do quanto pior melhor, mas entendi o recado pelo fato de ser bastante crítico quanto às decisões e obras desta administração.

Infelizmente ele disse que o teleférico sairá sim e abriu-me uma duvida quanto ao prefeito e seus funcionários:
O prefeito vai até o Presidente da Trasnpetro brigar e defender a nossa Ilha pelos 2/3 que serão tomados no canal com a ampliação do píer...também defende a movimentação contra o Porto de São Sebastião pelos impactos, tanto sociais, quanto ambientais que o mesmo nos trará.Sendo assim, como pode ele ser a favor de um Teleférico, uma Garagem Subterrânea, um alargamento de vias urbanas para os automotores e principalmente, do asfaltamento para o bonete??!Essa é a hipocrisia a qual eu tanto falo e lamento dessa administração.
Quanto ao Instituto Ilhabela Sustentável
Eu realmente não faço parte do IIS, porém tenho amigos lá e admiro o grande trabalho que fazem em nossa cidade.O problema do meu credenciamento foi que ontem ouvi em uma conversa paralela, de que as votação dos delegados que acompanharão os projetos votados amanha, sexta-feira, só poderiam ser votados por pessoas de institutos e organizações.
Por isso peço desculpas ao Instituto e me coloco totalmente fora dos ideais e propostas do Instituto, não tenho relação alguma com o mesmo.

Share this post :
 
Política & Cia : Copyright © 2013. Política & Cia - O portal de notícias políticas em Ilhabela - All Rights Reserved