Ultimas postagens :
Home » » [Política & Cia] A usina hidrelétrica de Itaipu

[Política & Cia] A usina hidrelétrica de Itaipu

Written By Kim Axel Borgström on quinta-feira, 29 de novembro de 2012 | 19:11

Com a construção da Hidrelétrica binacional de Itaipu, o Brasil perde uma das mais bonitas paisagens naturais existentes em seu território, o Parque Nacional das Setes Quedas..."uma das 7 maravilhas do mundo" segundo a população de diversos lugares do mundo.
Sendo a a maior cachoeira do mundo, em volume d'água, o parque nacional das Sete Quedas foi inundada para dar origem, ao que futuramente viria a ser o alagamento feito pelo homem, para instalar a usina na região.
A Usina Binacional Hidrelétrica de Itaipu, a maior usina hidrelétrica do mundo, em se tratando de potência, gera hoje 20% de toda energia consumida no Brasil.
O custo total desta usina foi em torno de 12 bilhões de dólares, divididas entre investimentos Brasileiros e Paraguaios...
Além disso, a criação da Usina Hidrelétrica de Itaipu no rio Paraná, acabou modelando o que é hoje a cidade turística de Foz do Iguaçu e diversas outras regiões próximas, onde além da visita à usina, também é bastante visitado as Cataratas do Iguaçu.
Este é uma das grandes comparações que são feitas quando se fala em degradação ambiental devido a instalação de uma obra gigantesca, como no caso, uma Hidrelétrica...como a de Belo Monte.

Leia abaixo um breve texto sobre a História da Usina de Itaipu

A usina hidrelétrica binacional Itaipu é amplamente conhecida no território mundial por ser a maior em fornecimento de energia elétrica renovável para a população. A Usina foi edificada entre os anos de 1975 a 1982, por dois países que auxiliam em sua progressão: o Brasil e o Paraguai.

Encontra-se situada no Rio Paraná que fica na fronteira entre os dois países. O nome Itaipu é de origem guarani e faz menção a uma pequenina ilha que existia no local, antes da construção da usina. Sua extensão é de 1350 km2, é responsável pela geração de 20% da energia elétrica distribuída no Brasil e 90% é utilizada pelos paraguaios.



Panorâmica da usina Itaipu.

História

No ano de 1960, deram-se início as negociações entre Brasil e Paraguai para a
construção da usina Itaipu. No dia 22 de julho de 1966, os ministros Juracy Magalhães e Sapena Pastor, decidiram assinar a Ata de Iguaçu, que manifestava o proveito de ambos os países para implantação que seria localizada no Rio Paraná.

O acordo foi finalizado no ano de 1973, e assim deu-se início a construção da usina. No dia 5 de maio de 1984, a primeira geradora de energia Itaipu começou a funcionar, e assim foram construídas mais vinte unidades no total ao decorrer dos anos.

Renegociação

Hidrelétrica Itaipu.
Os termos colocados no tratado encerram-se no ano de 2023. Porém, os paraguaios anteciparam-se e em julho de 2009, foram feitas renegociações de propostas do tratado. O Brasil então passou a pagar 3 vezes mais a quantidade que pagava ao Paraguai e autorizou que o excesso de força fosse vendido para qualquer outro país, de escolha dos paraguaios. Desta maneira acabou-se o domínio sobre a eletricidade  brasileira.

Muitas pessoas de diversos países visitam a usina que é localizada em Foz do Iguaçu, e que acabou se destacando como atração turística do país brasileiro.

A entrada é gratuita durante o dia, apenas a noite que há a cobrança de entrada. Mas o preço vale a pena: os apreciadores assistem a um show de luzes ao vivo    (via zun)

                       Documentário sobre a construção de Itaipu:




Share this post :
 
Política & Cia : Copyright © 2013. Política & Cia - O portal de notícias políticas em Ilhabela - All Rights Reserved