Ultimas postagens :
Home » » O polêmico caso das Cotas Universitárias

O polêmico caso das Cotas Universitárias

Written By Kim Axel Borgström on quarta-feira, 24 de outubro de 2012 | 17:00



Pra quem é vivo e se atualiza diariamente, deve haver notado a grande turbulência que gerou, e segue gerando, o discutido 'Sistema de Cotas Universitárias'.
Um assunto polemico que acabou mantendo uma divisão social quanto à opinião da população brasileira:
- "É um caminho correto a ser seguido?"
 Para entendermos melhor o assunto,  precisamos  primeiramente saber que a iniciativa surgiu das Universidades Publicas do Rio de Janeiro, visando um debate publico sobre o processo de aprovação e aplicação do sistema de cotas em 2001.
A partir daí, diversas questões que envolvem toda uma trajetória étnica, foram levantadas e debatidas há se chegar em um assunto que não tem um ponto final certo.
Em diversas redes sociais, como no próprio Facebook, tanto o movimento, "#CotasSim", quanto o "#CotasNão", tem impulsionado uma série de debates críticos para defender opiniões de diferentes pontos de vistas diferentes.

No lado 1 da moeda, temos os que são contrários, às medidas tomadas pelas Universidades Publicas, para facilitar a entrada de negros, pardos, índios e alunos de escola publicas.Estes, defendem e criticam a incompetência do poder publico Brasileiro, alegando ser esta medida de cotas, um "tapa-buraco" para estudantes que não recebem, e seguem recebendo, um ensino básico nos ensinos fundamentais e médios.
Além da incompetência publica, para com os estudantes, a população contrária ao sistema de cotas, alega que o fato de negros serem aceitos em universidades com uma facilidade superior aos brancos, é também uma demonstração de preconceito da raça branca ante a raça negra.E este motivo só tende a aumentar a disputa entre brancos e negros, não vendo então, a humanidade como uma raça única, e, por isso, acabando legitimando a segregação.

No outro lado da moeda, os políticos, estudantes e membros da sociedade civil, defendem o sistema de cotas alegando toda uma história vivida por membros de raça negra, parda e indígena. Onde, segundo eles, a história da escravidão e utilização da mão indígena, para o trabalho escravo, afetou e segue afetando o desempenho e  as oportunidades dos mesmos, em relação aos brancos.E isto não pode seguir assim.
A desigualdade social em nosso país é indiscutivelmente existente e em grande parcela, principalmente à classe baixa.

Qual é a sua  opinião sobre o Sistema de Cotas para alunos de escolas publicas, negros, pardos e indios?!
Você acha correta a medida tomada pelo Senado Brasileiro?!
Existe uma superioridade racial entre negros e brancos?
"O Senado aprovou, na noite de terça (7), a adoção de cotas sociais e raciais nas instituições públicas de ensino superior.
O projeto tramitava no Congresso há 13 anos. A votação ganhou força depois que o Supremo Tribunal Federal considerou constitucionais as cotas raciais e sociais nas universidades.
Pelo texto aprovado, metade das vagas será reservada para alunos que cursaram todo o Ensino Médio em escola pública. Desse total, 50% serão para estudantes com renda familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa. A outra parte será destinada a alunos negros, pardos e índios e, neste caso, a distribuição deve obedecer a mesma proporção dessas populações em cada estado, apontada no Censo do IBGE."
                                                   (Jornal Nacional - Globo 08/08/2012)


Me perguntaram :"Kim, qual é a sua opinião sobre o assunto?" Eis a minha resposta para aqueles que querem saber:



"A minha opinião sobre o assunto é parcialmente dividida entre : Burrice popular e Esperteza política.
Sou daqueles que ficam com pé atrás quando o assunto é política no Brasil, e por isso, sempre acredito no desfavorecimento da população civil, para o favorecimento econômico/social dos políticos e magnatas donos de grandes empresas.
Acredito que o problema brasileiro não seja econômico e sim social.
É um problema que vai além da educação e do esporte/lazer.É um problema, que infelizmente, é deixado de lado pelos cidadãos brasileiros quando assistem à televisão e passam horas babando em novelas e futebol.
Sim, sou destes que acredita fortemente na mídia corrupta que nós possuímos.
Todos nós sabemos que vivemos em um país que passou por diversos conflitos étnicos e de explorações a mil, mas acredito que nos tempos modernos, com a modernização, o conceito de 'ética' e 'moral' avantajados, não deveríamos mais seguir lamentando e enxugando lágrimas do passado.
O povo acomodado brasileiro é a burrice popular à qual me referi quando citei a minha divisão de opinião.
Sou contra o sistema de cotas, pois acredito que o povo pode e poderia lutar por direitos iguais, sem exceções para favorecimento de raças diferentes, seja por seus antepassados (escravidão, utilização de mao de obra) ou pelo intenso racismo existente nos dias atuais, o que pra mim, é outro ponto que nos dias atuais não deveria nem ser comentado.
Estamos no século XXI, não acredito que um "tapa-buraco" seja necessário para a população se contentar com o problema do ensino no país.É necessário um 'wake up' urgente neste país.
Esta é minha opinião sobre o assunto."
Share this post :
 
Política & Cia : Copyright © 2013. Política & Cia - O portal de notícias políticas em Ilhabela - All Rights Reserved